2019 registrou número recorde em informalidade e subutilização

em .

A taxa média de desemprego em 2019 ficou em 11,9%, enquanto a informalidade atingiu 41,1%, maior taxa desde 2016. Os dados são da Pnad Contínua, divulgados nesta sexta-feira, dia 31, pelo IBGE.
Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, na média, um contingente de 12,6 milhões de pessoas estavam desocupadas, uma queda de 1,7% na comparação com 2018, quando a taxa média de desemprego ficou em 12,3%. Apesar da queda em relação ao ano anterior, o número de desempregados em 2019 representa quase o dobro dos 6,8 milhões registrados em 2014, o melhor resultado da série Pnad Contínua iniciada em 2012.
SUBUTILIZAÇÃO RECORDE
O IBGE destacou ainda que a subutilização da mão de obra (inclui pessoas desocupadas, subocupadas por insuficiência de horas trabalhadas ou força de trabalho potencial) chegou a 27,6 milhões em 2019, o maior da série e 79,3% acima do menor patamar (15,4 milhões) apurado em 2014.
 

Fale Conosco

  • Sede Santo André
    Rua Gertrudes de Lima, 202 - Centro - Santo André
    Telefone: (11) 4993-8999 - Veja o Mapa

  • Sede Mauá
    Avenida Capitão João, 360 - Matriz - Mauá
    Telefone: (11) 4555-5500 - Veja o Mapa