Com PIB negativo de 0,2% no 1º trimestre, brasileiro fica mais pobre

em .

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou nesta quinta-feira, dia 30, que o PIB (Produto Interno Bruto), ou seja, o total de riquezas produzidas no país, encolheu 0,2% em relação ao trimestre anterior.
Com isso, os brasileiros estão, em média, 8,5% mais pobres que no primeiro trimestre de 2014. Foi a partir dessa época que a economia brasileira entrou em recessão, com PIB negativo de 3,8% e 3,6%, respectivamente, em 2015 e 2016. Nos dois anos seguintes, cresceu 1,1%, o que significa que o Brasil está longe de recuperar as perdas provocadas pela recessão.
Segundo o IBGE, com o PIB negativo de 0,2%, o acumulado em 12 meses ficou em 0,9%. Ou seja, o ritmo de recuperação da economia, que já era lenta, diminuiu mais ainda.
 

Fale Conosco

  • Sede Santo André
    Rua Gertrudes de Lima, 202 - Centro - Santo André
    Telefone: (11) 4993-8999 - Veja o Mapa

  • Sede Mauá
    Avenida Capitão João, 360 - Matriz - Mauá
    Telefone: (11) 4555-5500 - Veja o Mapa